Novas tecnologias de conservação na maçã e outras frutas

Palestra técnica sobre controle e queima dos raios solares na maçã

Períodos de risco, temperatura de 30° ou mais já atingem a polpa da fruta


As pesquisas sobre as características e controle das escaldaduras das maçãs causadas pelo sol, iniciaram em 2007, com trabalhos e experimentos feito pela Embrapa Uva e Vinho em sua Estação Experimental em Vacaria (RS) e pela Epagri em Caçador (SC).

Na palestra técnica promovida pela Decco Brasil e Proterra e realizada na Estação Experimental da Embrapa Uva e Vinho de Vacaria, no dia 22 de novembro, a pesquisadora dra. Rosa Maria Valdebenito Sanhueza, apresentou resultados dos danos no campo e câmaras frias, da ação de raios solares que as maçãs passam no "período de risco", quando com apenas três dias de temperatura de 30° ou mais já atingem a polpa da fruta, resultando num fruto com pouca qualidade no mercado.

Na apresentação da pesquisadora, na safra 2015/16 nas variedades Gala e Pink Lady, ocorreu aumento de cor de 1,5 a 2% e na cultivar Galaxy também, com tratamento do Deccoshield. Outro resultado também foi observado, a diminuição da queima do fruto e o aumento do calibre.

Em outros países como o Chile, as perdas por queima solar nas maçãs chegou a 70 milhões de dólares, já no Brasil a ABPM (Associação Brasileira dos Produtores de Maçã), estimou perda de 10% na Gala na safra 2016.

Aplicação de protetores solares de frutos não só protegem da ação solar na colheita, mas também diminuem o russenting, doenças e pragas, frisou dra. Rosa.

A palestra finalizou com o diretor de Tecnologia da Decco, Rodrigo Diaz, que destacou as Novas Tecnologias de Conservação na Maçã e outras frutas, que precisam ter muito cuidado por ficarem sob forte ação solar e o pós-colheita é indispensável na sua boa conservação.

Além de destacar as formas de aplicação, equipamentos adequados, lavagem e eliminação do produto e também, a compatibilidade do Deccoshield, Diaz mostrou suas vantagens e diferenciais na sua ação de aplicação não só no frutos, também sua ação nas folhas, resultando em excelentes frutas.

Nas páginas 2 e 3 do JF online, edição 332/dezembro, você lê artigo técnico completo do assunto. Mais www.jornaldafruta.com.br

 

Comments

SEE ALSO ...